18 de março de 2010

Cheia de desejos



Era quando sentia o vento fresco balançar os cílios. e um sopro ouriçar os pêlos. 
Passeava pelos cinco sentidos e fazia desejos: para a cabeça: brisa. para o nariz: beijo na ponta. para os ouvidos: música. para os olhos: estrelas. para a boca: prazeres. para os cabelos: descabelo. para o pescoço: cheiros. para o peito: aconchego. para as mãos: entrelaços. para a barriga: borboletas. para o quadril: ginga. para os joelhos: força. para os pés: nuvens.


Depois era só fechar os olhos.

2 comentários:

Juliana. disse...

Seria tão bom viver
e não ter tantas obrigações,
assim sinto saudade da infância, época boa..um beijo!

Ailмα... disse...

Day..


Qual o seu livro de mágicas?
Como você consegue nos encantar dessa maneira tão linda!!



Encantada, sempre encantada!